Produção de conteúdo EaD: Como criar um bom conteúdo para o Ensino Superior a Distância

Já parou para pensar quantos setores foram impactados pela pandemia do Coronavírus? Pensando rápido, podemos mencionar a forma de trabalhar, de consumir serviços, de aproveitar o tempo livre e sem esquecer da forma de aprender: cerca de 1.5 bilhões de estudantes e universitários ficaram sem aulas presenciais em mais de 160 países, segundo relatório do Banco Mundial. Nesse cenário você, como professor, tem o papel de criar um conteúdo bom e engajador para o EAD. E como fazer isso para universitários? É sobre isso que vamos falar no artigo de hoje. Uma pesquisa realizada pela plataforma IT Trends mostrou que a pandemia acelerou e antecipou o processo de transformação digital para 90% dos setores afetados. E, com isso, em todas essas mudanças, a tecnologia teve um papel fundamental. Para acompanhar essa demanda no caso da educação em universidades, os professores que neste momento estão trabalhando com EAD, precisam encontrar maneiras de entregar o melhor conteúdo possível. Então, para que tudo ocorra da melhor forma, confira essas dicas.

Dicas para produzir bons conteúdos EAD

Dica 1: Entenda o perfil dos seus alunos

Estudar e analisar o perfil do seu aluno é a primeira etapa para produzir um conteúdo EAD de qualidade. Então, com este pontapé inicial, é possível estabelecer qual será a estratégia para a construção e elaboração dos conteúdos: utilizar o recurso da gamificação, definir o tipo de abordagem e quais tipos de recursos para tornar o EAD mais engajador: videoaulas, textos, podcast, transmissões ao vivo, etc. E por que isso é importante? Existem três diferentes modos de aprender: visual, auditivo e cinestésico. Portanto, saber administrar esses estilos de aprendizado pode ajudar a sua turma ou um aluno em específico a melhor compreender o conteúdo transmitido no EAD,  além de incentivar o aprendizado e aumentar a retenção de informações.

Visual

Perfis de alunos do tipo visual, são os que melhor assimilam conteúdos com imagens, gráficos, fórmulas e textos.

Auditivos

Este perfil corresponde a estudantes que melhor fixam o conteúdo quando estes são transmitidos em formato de áudio.

Cinestésico

Por último, o perfil cinestésico é compatível com o aluno que precisa tocar, experimentar, sentir e cheirar para estimular o aprendizado. Então, é o tipo de pessoa que aprende melhor com uma abordagem “mão na massa”, do que com conteúdos audiovisuais ou sonoros.

 Dica 2: Explore as ferramentas disponíveis de uma plataforma LMS

Um dos maiores benefícios de uma tecnologia LMS são os diversos formatos de material que ela permite para a criação do conteúdo EAD. Como por exemplo: videoaulas, podcasts, conteúdos interativos, jogos e transmissões ao vivo. Veja a seguir cada uma delas:

Videoaulas

Quando bem produzidas e editadas, as videoaulas ajudam a reter a atenção de estudantes com perfil de aprendizado visual e, às vezes, pode ser uma ferramenta até mais efetiva para aprendizagem quando o recurso é comparado a aulas presencial, já que oferece aos alunos a possibilidade de pausar e voltar em algum ponto caso haja necessidade.

Salas de aula remotas e live streaming

Com o recurso de aulas remotas, os alunos podem ter acesso à enquetes ao vivo, sistema de documento colaborativo e dinâmicas em grupos, além de assistir aos professores em tempo real, podendo interagir de uma maneira mais direta, mandar perguntas e fazer contribuições.

Gamificação

Você já ouviu falar da gamificação do método de ensino? É para deixá-lo mais atrativo, já que utiliza elementos dos jogos, como sistemas de recompensas e medalhas. Tudo isso para melhorar a assimilação do conteúdo passado para, assim, tornar as aulas mais dinâmicas, mais interessantes e o aluno muito mais envolvido.

Podcast

O podcast torna o conteúdo mais dinâmico e personalizado para estudantes auditivos: além de permitir  a participação de convidados e especialistas para enriquecer o tema, também é possível gravar audiobooks, por exemplo, para melhorar e otimizar a experiência do aluno no Ensino Superior a Distância.

Dica 3: Renove os conteúdos

Esta dica é fundamental para que você garanta a qualidade do conteúdo EAD ao longo do tempo. Portanto, como o ambiente digital permite constante atualização, é indicado que você atualize os materiais do seu curso online periodicamente. Uma forma de saber como melhorar é sempre ouvir o feedback dos alunos, tanto de forma direta, realizando uma pesquisa de satisfação, quanto de forma indireta, se você perceber que uma determinada aula tem um índice de aproveitamento baixo, por exemplo. Então, fica a dica: o importante é sempre atualizar!

Dica 4: Diversifique as formas de avaliação

Torne o momento de avaliar menos mecânico e mais produtivo! Com uma plataforma LMS, você pode explorar diferentes maneiras de tornar a experiência do aluno mais aproveitadora e reter conhecimento. Veja alguns conselhos:

Crie exercícios e atividades

Crie tarefas de casa para seus alunos no formato de quiz, entregáveis, questões dissertativas ou de múltipla-escolha.

Utilize a abordagem do microlearning 

Uma alternativa para motivar dentro da sala de aula e que ajuda a engajar os seus alunos e mensurar seus conhecimentos é o microlearning, uma abordagem de ensino que transmite pequenas doses de conhecimento em um curto espaço de tempo, com uma linguagem simples, de fácil compreensão e com o apoio de recursos multimídia, como vídeos e podcasts, por exemplo.
Com o uso desses elementos, o professor pode criar salas, lançar perguntas relacionadas ao conteúdo. Já os alunos podem responder em tempo real. Com isso, dessa forma, além de tornar o ensino mais eficiente e engajador, permite que o professor avalie o desempenho dos alunos em determinado conteúdo. Essas foram as nossas dicas para você produzir um conteúdo EAD de qualidade para a sua universidade. Então, se estiver em busca de uma plataforma para hospedá-lo, não deixe de experimentar o Toolzz, um suíte de soluções educacionais que contempla AVA, LMS e APPs cujo objetivo é proporcionar experiências de aprendizados inovadoras dentro da sala de aula com diversos recursos, como a gamificação, criação de conteúdo em vídeos e podcasts, sala de aula ao vivo, microlearning e outros recursos. Além disso, o diferencial do Toolzz é o tempo de entrega do sistema: em 24 horas sua universidade online está criada, em uma plataforma 100% em nuvem e SaaS, que não exige instalação e manutenção. Ao contratar o serviço, a universidade apenas investe um valor proporcional ao número de usuários ativos na plataforma (pay as you go). Então, clique aqui e tenha uma plataforma de Ensino Superior a Distância personalizada, com a marca da sua universidade!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário

Translate